Em que casos deve-se diluir a tinta para tatuagem?

tinta para tatuagem
Share on facebook
Share on email
Share on whatsapp

No processo de elaboração de uma tatuagem, pode o profissional responsável por essa arte promover a diluição da tinta a ser utilizada. Isso acontece, na maioria dos casos, quando a tatuagem requer um traço ou desenho customizado, com um pigmento ou cor que não esteja disponível no mercado, por exemplo.

Para que compreenda melhor esse assunto, montamos este conteúdo para apresentar em quais casos recomenda-se a diluição da tinta para tatuagem. Confira!

Encontrar a cor ideal para tatuagem

Um dos primeiros casos, o qual abordamos brevemente no início deste texto, em que se recomenda a diluição da tinta para tatuagem é quando se busca encontrar a cor ou pigmento ideal para fazer essa arte, conforme o desejo do cliente.

Há desenhos com cores diferentes das tradicionais que requerem mais do que apenas a experiência técnica do profissional, e sim pigmentos com um toque suave ou tonalidade clara.

Efeito de sombra

Alguns profissionais de tatuagem também promovem a diluição da tinta para alcançar um efeito original em relação à tatuagem. É o caso da sombra, que pode ser explorada melhor a partir desse processo.

Alguns deles recomendam, por exemplo, a diluição de tintas pretas com tonalidades diferentes para alcançar esse efeito de sombra, o qual pode circular desenhos. Exemplo: preto cinza, preto puro etc.

A sombra em tatuagens destaca o preto puro, entre outras cores, fazendo com que a arte se torne mais atraente e esteticamente agradável.

Efeito de realismo

Sugere-se, também, a diluição de tinta para tatuagem quando se busca alcançar um efeito de realismo em relação à arte a ser desenhada no cliente. No entanto, a diluição depende da tatuagem, do desenho.

Há desenhos que de tão simples não conseguem alcançar efetivamente esse efeito de real. Nesse caso, a diluição da tinta para tatuagem não é necessário.

Redução de pigmentos na pele

Há casos e casos. Podem existir pessoas que são alérgicas a tinta pura da tatuagem. Diante de uma situação como essa, recomenda-se a diluição da tinta para alcançar uma substância menos agressiva. No processo de diluição, a tinta pode ficar mais suave.

No entanto, o processo de diluição da tinta a deixa com menos pigmento, o que exige do profissional atenção especial no momento em que estiver trabalhando na tatuagem. Sugere-se que ela seja feita de forma um pouco mais lenta, para que assim os pigmentos sejam melhor fixados na pele.

Como podemos visualizar, existem alguns casos em que se recomendam a diluição da tinta. Todavia, é um processo que também traz algumas desvantagens, como, por exemplo, a redução dos pigmentos e o fato de que o profissional precisa trabalhar de maneira lenta.

Para aquele que trabalha de maneira rápida, confeccionando uma tatuagem em poucas horas, a diluição da tinta para tatuagem pode ser um problema.

Gostou deste conteúdo? Esperamos que sim. Caso deseje ler outros, não deixe de acessar nosso blog. Nele, estamos sempre publicando conteúdos que podem enriquecer muito mais os seus conhecimentos, os quais podem ser aplicados em prol do crescimento do seu negócio.

Receba mais notícias

Deixe seu email abaixo para ser incluído em nossa lista de comunicação.