Tinta para tatuagem: 4 dicas para não errar na hora de escolher

tinta para tatuagem
Share on facebook
Share on email
Share on whatsapp

Uma das principais tradições milenares que são cultivadas até os dias atuais, a tatuagem é um meio de expressão corporal dos seus ideais e atitudes que, a cada ano, vem ganhando mais espaço no cenário cultural.

Na hora de fazer uma tatuagem, o profissional sabe que a escolha por um bom desenho é apenas uma parte do processo. Diante da responsabilidade de eternizar sua arte no corpo de outra pessoa, é fundamental escolher as cores corretas para preenchê-la.

Dessa forma, para oferecer uma coloração que agrade ao cliente é necessário escolher corretamente as tintas para tatuagem. Para isso, você precisa adotar alguns cuidados. A seguir, conheça quatro dicas que você deve seguir para não errar na hora de escolher.

1. Escolha tintas autorizadas pela Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é o órgão brasileiro responsável pela fiscalização da qualidade das tintas para tatuagem. Essa agência tem o poder de permitir que um produto seja comercializado ou não no Brasil.

Na maioria dos casos, quando uma tinta não é aprovada pela Anvisa é porque a sua composição não atende aos critérios exigidos para que o produto seja considerado seguro.

As tintas para tatuagem têm diversas substâncias químicas em sua composição. Os produtos não autorizados podem trazer graves prejuízos a saúde do cliente, por isso, a importância de escolher as melhores opções de tintas.

Em alguns casos, os pigmentos da tinta podem entrar em contato com alguns órgãos e afetar o seu funcionamento ou podem promover uma reação alérgica na pele, causando coceira, vermelhidão e feridas.

2. Conheça as descrições técnicas da marca

Apesar de não ser um hábito comum, às vezes, apenas pela leitura das especificações técnicas de um produto é possível perceber que ele é prejudicial à saúde. No caso das tintas para tatuagem não é diferente.

Para você não errar na escolha da melhor tinta para tatuagem, considere as informações referentes aos ingredientes, se ela é de origem animal ou não, conheça a credibilidade da marca e se a tinta atende às exigências de saúde e segurança do país em que é fabricada.

3. Entenda mais sobre as cores

Cada coloração de tinta tem suas particularidades e é importante conhecê-las antes de decidir pela compra. Além do mais, você estará bem informado e apto para responder as perguntas do seu cliente sobre o produto.

  • As cores preta e azul são as mais utilizadas, pois são adequadas para vários tipos de pele, inclusive a negra. Essas cores também são mais fáceis de remover com laser;
  • A cor vermelha costuma causar reações alérgicas nos clientes, além de desaparecer mais rápido do que as cores escuras;
  • As cores laranja e amarelo podem apagar mais rápido em pessoas de pele clara;
  • A cor roxa perde sua intensidade em menos tempo, quando comparada com o preto e o azul;
  • A cor branca é indicada para pessoas de pele branca, desde que livre de sardas;
  • As tintas glow-in-the-dark, ou UV, podem causar alergia e ainda não são aprovadas pela FDA, a Anvisa americana.

4. Procure investir em um conjunto de tintas

Para quem está começando, o ideal é apostar em um conjunto de tintas da mesma marca. Assim, é possível garantir que não vão ocorrer reações negativas pela mistura de diferentes fórmulas.

Os conjuntos de tintas também oferecem a vantagem de serem elaborados cuidadosamente, fornecendo uma paleta de cores que se complementam.

Essas são as recomendações que podem ajudar você a adquirir os melhores produtos. Siga essas dicas e tenha a certeza de escolher as melhores tintas para tatuagem.

Receba mais notícias

Deixe seu email abaixo para ser incluído em nossa lista de comunicação.