Por que os tatuadores devem dar preferência para os materiais descartáveis?

descartavel
Share on facebook
Share on email
Share on whatsapp

Em um modelo de negócio cada vez mais popular, tatuadores e clientes vêm se preocupando com a segurança na hora de realizar o procedimento. Isso é fundamental para a segurança de todos e reflete nos materiais utilizados. Muitos estão dando preferência para materiais descartáveis, por serem mais seguros.

No artigo de hoje, entenda porquê isso deve ocorrer cada vez mais.

Mais segurança e higiene

As tatuagens já caíram no gosto da população. Para cada lado que você olha, enxerga alguém tatuado. Os clientes cuidam cada vez mais da procedência dos estúdios aonde vão se tatuar, buscando indicações e verificando se cumprem com as determinações dos órgãos de saúde pública.

Com isso, muitos tatuadores vêm realizando o mesmo processo, seguindo recomendações que visam à segurança de todos.

A utilização de materiais descartáveis serve para que, tanto tatuador, como cliente, saibam a procedência do material. Biqueiras, agulhas e outros materiais já vêm embalados e prontos para uso, o que facilita o trabalho e economiza tempo do tatuador.

O profissional deve abrir as embalagens somente na frente do cliente, como forma de demonstrar cuidado e para não permitir contaminação. Através do contato da agulha com o sangue, muitas doenças podem ser transmitidas, como HIV, herpes e hepatite. Por isso, todo cuidado é necessário.

Para além desses materiais, as lâminas para remover pelos, máscaras e luvas também devem ser descartadas após o uso. Isso visa à saúde do tatuador e do cliente.

As biqueiras utilizadas na tatuagem, por exemplo, existem em material de aço ou de plástico. As de aço são reutilizáveis, mas o risco de contágio vem fazendo com que muitos profissionais abram mão de seu uso.

A preferência por biqueiras de plástico se dá por ser um material descartável, além de ser mais barato também. Isso tem reflexos no bolso e, principalmente, na saúde.

Recomendações da ANVISA

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) é quem determina as normas que devem ser seguidas pelos estúdios de tatuagem. Todas as tintas usadas precisam ter registro sanitário, bem como o restante dos materiais, como jatos e agulhas.

Todo material reutilizável deve ser esterilizado com álcool 70%, além de receberem proteção durante o procedimento.

Algumas recomendações da ANVISA para os profissionais da área são:

  • O local deve ser limpo e higienizado;
  • O tatuador deve lavar as mãos com água e sabão, e fazer o mesmo processo na região a ser tatuada, com aplicação de antisséptico no local;
  • Utilizar luvas descartáveis e máscara durante a realização do serviço;
  • Como destacado anteriormente, agulhas e lâminas devem ser descartáveis e colocadas em local próprio para o descarte após o uso;
  • A tinta deve ter registro na agência e ser atóxica;
  • Todos os materiais devem ser guardados em locais limpos e secos.

Com essas recomendações fica mais fácil deixar o ambiente seguro. É importante que o tatuador entenda que a saúde de todos está em jogo quando a preferência é por materiais reutilizáveis, pois pode haver contaminação por qualquer parte.

Quer conhecer nossos produtos da linha tattoo? Acesse nosso site e confira nossas tintas e máquinas para tatuagem.

Receba mais notícias

Deixe seu email abaixo para ser incluído em nossa lista de comunicação.