Visagismo como ferramenta tecnológica para aproximar clientes e profissionais na entrega de serviços

Tania Trindade

Quantas vezes as nossas vidas dependem das habilidades de observação de outra pessoa? Perguntou Amy Herman a autora do livro “Inteligência Visual”. A criação de um Kit de Ferramentas de percepção e interação, entre clientes e profissionais une a necessidade atual de todos os segmentos: observar o outro de forma empática.


Uma empresa que aposta no oferecimento de “customer experience”, mostra estar antenada no movimento humanizado pelo qual o mundo esta passando. Mesmo com o cenário pandêmico, um segmento da beleza que continua crescendo é a Micropigmentação, em todos os desdobramentos de atuação: sobrancelhas, capilar, lábios e a estética paramédica.


É fascinante olhar para este público e ver quantas possibilidades criativas emergem a partir da experiência com as ferramentas tecnológicas para micropigmentadores; diz Tania Trindade



Segundo, Carla Rissato, Diretora Artística da empresa, vivemos um momento de pensar em processos mais humanizados para o nosso atendimento, entrelaçando as atividades da empresa com a de seus clientes; podendo assim, trazer felicidade com o resultado e impactar a vida das pessoas Toda mudança visual deve resultar positivamente em uma grande realização pessoal.


O destaque aqui é a Micropigmentação Lábial, que propõe deixar homens e mulheres com uma aparência mais saudável ao rosto. É um processo moderno que revitaliza os lábios, sua coloração e o aspecto de volume. É uma inovação para este mercado, um instrumento de trabalho que possibilitada uma análise minuciosa e detalhada da estrutura labial. Valoriza o efeito do olhar do cliente e o seu processo de escolha. Facilita o detalhamento da linha labial, a cor e as necessidades deforma mais acurada.; descreve a Micropigmentadora Visagista Thais Trindade MM.


Os tempos mudaram e a necessidade de acompanhar esta mudança veem de encontro com os princípios do Visagismo, que sugere um atendimento exclusivo, personalizado e acolhedor. É um conceito que prioriza o atendimento diferenciado, transformando o processo em uma agradável experiência transhumanada, para seus consumidores.


A experiência sugere 3 aspectos de análise: análise individualizada da estrutura dos lábios, definição do tom (ou tons) da estrutura labial e a escolha da cor com teste visual. Pode ser testado com lâminas labiais, em tons degradê do mais intenso ao mais suave. Utilizando as diferentes opções da ferramenta, o profissional consegue ter a percepção do equilíbrio entre os lábios e a face, buscando a cor ideal e trazendo um tom natural, ou ainda, mais pigmentado.



Colorir o lábio com tinta, trazendo um aspecto natural e mais duradouro, surge nos anos 70 na Asiá com a maquiagem, e é transportado para o trabalho da micropigmentação com o “UPTint”, como um recurso de embelezamento, ajuste cor ou até mesmo para correção de tons dos lábios.

No nosso rosto o lábio é o instrumento de expressão dos sentimentos, porta de entrada e saída da comunicação, região instintiva que transmitem nossos impulsos e pensamentos (Martinez).


É imperativo que os profissionais de hoje, saibam promover experiências de valor com seus clientes, alcançando resultados surpreendentes no desenvolvimento de suas atividades. Precisamos disto! É um convite à expansão da atividade profissional, trazendo novos olhares e formas mais próximas e humanas de nos relacionarmos.


Fonte: www.hairbrasil.com/artigo

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo