Principais cuidados no retoque de microblanding

dicas e cuidados
Share on facebook
Share on email
Share on whatsapp

Assim como na aplicação da técnica de microblanding, na parte do retoque, também é preciso ter alguns cuidados para que o resultado seja satisfatório e dentro do esperado pela cliente. Veja alguns dos principais cuidados no retoque de microblanding.

Existem outras técnicas, mas a microblanding é uma das mais utilizadas, por oferecer uma sobrancelha realista e muito mais natural do que outras. Portanto, a procura é alta e saber de todos os cuidados no processo de micropigmentação, é essencial.

Quando fazer o retoque

Um dos cuidados mais importantes no retoque de microblanding é respeitar o tempo certo e não fazer antes do necessário.

Quando se aplica essa técnica na sobrancelha, o processo se assemelha a uma tatuagem. Portanto, a pele recebe traços com depósito de pigmento desenvolvido especialmente para essa finalidade e, assim como em uma tatuagem, precisa se acostumar.

Ou seja, depois de aplicar o pigmento, pelos próximos 30 dias, a pele vai passar pelo processo de adaptação e estabilização do pigmento.

Por isso, é importante que não se faça o retoque antes desse período, pois é muito comum que a cor se altere e, em alguns dias, vai estar mais clara e, em outros, mais escura.

Logo após a aplicação inicial, entre 24 e 48 horas, uma película se cria na sobrancelha e é o início da cicatrização. Depois de quase 1 semana, essa película cai e, nesse ponto, a cor pode ficar mais clara, mas é o esperado.

Porém, com o passar do tempo, até fechar o ciclo de 30 dias, o tom pode mudar. Assim, somente após esse período é que se pode afirmar qual a tonalidade que realmente vai ficar.

Cuidados para fazer o retoque

Depois de respeitar o tempo certo de realizar o retoque, é importante analisar bem toda a sobrancelha para identificar se alguns pontos ficaram mais claros que outros e até mesmo com alguma falha.

É comum que alguns traços fiquem falhados, pois é decorrência do processo de cicatrização e nem sempre a pele mantém todo o pigmento que foi inserido.

Portanto, cuidar para analisar traço por traço é essencial. Somente assim o profissional vai conseguir saber onde precisa retocar.

Ademais, a intensidade da cor do retoque é outro cuidado indispensável. Depois do período de 30 dias, já se sabe qual a intensidade da cor que ficou e, muitas vezes, o cliente deseja intensificar um pouco.

Nessa hora, é importante ter cuidado para não sobrepor uma tonalidade muito escura, pois já há pigmento nos traços e a intenção não é de escurecer demais, somente acentuar um pouco.

No entanto, todo esse processo de retoque só é necessário se houver falhas e se a cliente desejar uma tonalidade mais escura. Muitas vezes, ocorre de o resultado já estar dentro do desejado e, nesse caso, não há motivos para retoque.

Dessa forma, os principais cuidados na hora do retoque de microlanding são o tempo de espera, a identificação de falhas e a correção da tonalidade.

Gostou deste artigo e quer conhecer pigmentos que são desenvolvidos para serem o mais próximo possível da tonalidade que os clientes necessitam? Acesse nosso site e conheça agora!

Receba mais notícias

Deixe seu email abaixo para ser incluído em nossa lista de comunicação.