TATUAGEM FEMININA E TATUAGEM MASCULINA

Share on facebook
Share on email
Share on whatsapp

Muitas vezes nos deparamos com esse termo, tatuagem feminina e masculina. Antigamente existia de fato uma separação muito mais por estilo do que de fato por gênero. Isso não se aplica mais hoje em dia, cada um é livre para tatuar o que bem entender no estilo que lhe agrada e onde lhe agrada.

O TERMO: TATUAGEM FEMININA

Apenas a cunho explicativo, quando falamos de tatuagem feminina, queremos expor desenhos e traços mais suaves, finos e delicados. São opções que se enquadram melhor ao corpo feminino e suas curvas, bem como a opções de estilos ou desenhos mais sensíveis.

O TERMO: TATUAGEM MASCULINA

São opções mais robustas, que se enquadram melhor no biotipo do corpo masculino, mas se uma cliente do sexo feminino quiser tatuar algo desta maneira ela é livre para tal. Os traços costumam ser mais grossos e os desenhos mais robustos para acompanhar a musculatura.

PERCEPÇÃO

A tatuagem mesmo tendo origem a milhares de anos com tribos e povos como os egípcios, na nossa sociedade tem uma história até que recente e muito controversa de início. Era vista como símbolo marginal e, portanto, era difícil ver mulheres tatuadas ou tatuadoras. A percepção sobre a tatuagem foi mudando e o estigma sobre ela também. Hoje a sociedade já não enxerga a tatuagem como algo ruim, e com certeza você conhece alguém de bem que já tem tatuagens no corpo, homens e mulheres.

Com o tempo, estilos foram se adaptando assim como o mercado da tatuagem, dando espaço a tudo e a todos em igualdade de gênero e estilos.

Alguns dos melhores profissionais da Tattoo hoje são mulheres ou LGBT, mas o que de fato importa é sempre ter os cuidados necessários com a higiene e usar produtos de qualidade na hora de fazer a sua tattoo, seja uma tatuagem feminina ou uma tatuagem masculina ou transgênero, a liberdade de expressão é o mais importante.

Receba mais notícias

Deixe seu email abaixo para ser incluído em nossa lista de comunicação.